Inteligência Artificial em aplicativos e softwares: confira as novidades

Desde o lançamento do Chat GPT, desenvolvido pela OpenAI, muita coisa tem mudado e você precisa entender os impactos.

Lançado no fim de 2022, o Chat GPT é um algoritmo baseado em Inteligência Artificial que promete revolucionar a maneira como pesquisamos e executamos algumas tarefas, das mais básicas, como desenvolver um texto para um determinado convite, às mais complexas, como gerar um código de programação.

O Chat GPT, “Generative Pre-Trained Transformer”, utiliza Machine Learning, permitindo ao usuário criar diálogos virtuais. Com base na rede neural Transformer, foi desenvolvido para gerar textos assertivos e extremamente personalizados, com o cruzamento de informações coletados na internet. Ele tem a capacidade de transformar as querys (perguntas dos usuários) em respostas detalhadas e objetivas.

“Trata-se de uma arquitetura de rede neural profunda, criada inicialmente pelo Google, chamada Transformers. A OpenAI desenvolveu esse modelo, treinando-o com todo o conteúdo disponível da internet, de livros digitalizados, de Twitter, ou seja, tudo que é dado escrito que esteja disponível. Quando queremos fazer uma busca no Google, começamos a digitar algo e aparecem várias possibilidades para completar a frase. Isso é feito tendo por base as frases já digitadas. Agora, de uma maneira um pouco mais complexa, com todo o conteúdo escrito disponível, pode-se completar frases, responder a perguntas de acordo com um estilo”, explica Carlos Menezes, mestre e professor de Inteligência Artificial nos cursos de tecnologia do Instituto Mauá de Tecnologia.

O que vem por aí

Este mês (16 de março de 2023), a Microsoft anunciou a integração do GPT-4 aos seus produtos Office 365. O seu assistente, chamado Copilot, estará presente em seus principais aplicativos: Excel, Outlook, PowertPoint e Word.

A partir desse lançamento, será necessário apenas um simples e objetivo pedido para formatar textos no Word para os padrões desejados, como, por exemplo, ABNT; criar uma apresentação detalhada e personalizada no PowerPoint com apenas um texto básico digitado no Word; já no Excel, será possível transformar uma simples planilha em gráficos e tabelas inteligentes, facilitando, de forma exponencial, a análise e interpretação de dados.

Eles ainda reformularão o mecanismo de busca no Bing e seu navegador Edge, que passará a ser alimentado por Inteligência Artificial.

E o avanço é real e inimaginável: outras grandes empresas, como Meta, Snapchat e Google, estão investindo: a primeira está criando um time para desenvolver produtos de alto nível utilizando AI; o Snapchat, por meio de sua ferramenta My AI, promete criar conversas mais humanizadas; o Google, por sua vez, criou o chatbot Bard, para competir com o Chat GPT.

Oportunidades com o avanço da IA

A partir de agora, é crescente a demanda por profissionais com conhecimento em Inteligência Artificial, que trabalharão na otimização dessas ferramentas, na curadoria das informações, como o combate às fake news e validação das informações. Por isso, investir em cursos no ramo pode ser uma boa pedida para quem quer surfar nesta onda e se especializar na área.

“Acredito, portanto, que essa e outras ferramentas similares que vão surgir representarão uma pequena revolução na maneira de fazer as coisas, da mesma forma que ocorria quando surgiram os buscadores como o Google. Hoje, talvez, nos perguntemos: ‘Como fazíamos pesquisas sem ferramentas de busca?’ Amanhã, poderemos perguntar algo assim: ‘Como trabalhávamos sem essas novas ferramentas de IA?’ A tendência é de que elas aumentem muito a produtividade de muitos trabalhadores, desde programadores até escritores”, conclui o professor Menezes.

E você, como acha que a Inteligência Artificial ainda poderá contribuir em nosso cotidiano? Deixe o seu comentário!

#ChatGPT #Copilot #Bard #IA #AI #InteligenciaArtificial #revolucao #Microsoft #Google #BING #Office365 #Meta #MyAI #Snapchat

2 Replies to “Inteligência Artificial em aplicativos e softwares: confira as novidades”

  1. O copilot com certeza revolucionara o mercado dos escritores e jornalistas, não acho que vão substituir profissionais porque em toda revolução industrial isso foi dito.

  2. A inteligência artificial está em constante evolução, do jeito que as coisas estão como será daqui a alguns anos? Apesar de suas capacidades impressionantes, ainda há muitos desafios a serem enfrentados, como a transparência e ética no uso dessas tecnologias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *