Artigos na Categoria: "Por dentro da Mauá"

A Mauá trabalha incessantemente para desenvolver as competências e as aptidões dos seus alunos, e aqueles que almejam dedicar-se ao ramo da Pesquisa podem contar com a Iniciação Científica! O objetivo da Iniciação Científica é inserir nas atividades de pesquisas científicas e tecnológicas os estudantes de graduação com pouca ou nenhuma experiência em trabalhos ligados nesse área. Nesse contexto, o Programa de Iniciação Científica Mauá visa colocar o aluno em contato com os fundamentos teóricos e as metodologias práticas/aplicadas para desenvolver
O BLOG da Mauá acompanhou mais um projeto que exige muita mão na massa e dedicação dos nossos talentos! 😀 A disciplina PAE – Projetos e Atividades Especiais vem personalizando o ensino por meio de atividades práticas que buscam a evolução acadêmica e profissional de cada aluno. E hoje acompanhamos os estudantes que querem aprimorar seus conhecimentos na área de Engenharia de Alimentos. 😉   Você sabe o que são Bebidas Carbonatadas? São aquelas que têm em sua composição Água, Gás Carbônico e demais
Se você é fã daquelas séries de investigação, vai AMAR essa atividade! 😀 Na disciplina PAE – Projetos e Atividades Especiais, os alunos da 1.ª série de todos os cursos de graduação, oferecidos pela Mauá, podem participar da “Investigação & Química“, uma oficina na qual eles precisam desvendar um mistério proposto pelos professores: o roubo de uma joia! Sob a coordenação das professoras Celize Maia Tcacenco e Juliana Ribeiro Cordeiro, o projeto tem o objetivo de propor atividades que envolvem princípios básicos
A Mauá anunciou, em 2017, que está investindo mais de R$ 30 milhões em infraestrutura de laboratórios, a fim de melhorar ainda mais o ensino e atualizar-se para as tendências do mercado. Ao todo, serão aproximadamente 40 novos ambientes que promoverão o aprendizado multidisciplinar e inovador! Essa ação enfatiza a importância da sinergia e integração entre os 3 PILARES DA INOVAÇÃO – ENGENHARIA, ADMINISTRAÇÃO E DESIGN -, fomentando a troca de conhecimento entre as áreas. Além disso, a nova infraestrutura permitirá