Ex-alunos: conheça algumas carreiras de Talentos da Mauá

 

Quem é Mauá está habituado(a) a ouvir, com frequência, a frase motivacional: “Vai valer a pena”!

E para mostrar que realmente valeu a pena, hoje mostraremos alguns casos de sucesso de talentos da Mauá!

 

Tatiana Campos, diretora financeira da Nike USA

Formada em Engenharia de Produção pela Mauá em 2002, Tatiana Campos sempre praticou esportes e hoje comanda a área Financeira de uma das maiores empresas na área, conquistando uma carreira internacional.

“Escolhi o curso porque queria algo que me desse oportunidade de amplas atuações no mercado e optei pela Mauá por saber que seria muito bem preparada. Foi o que aconteceu: a Mauá trouxe-me resiliência, flexibilidade para me adaptar a mudanças, facilidade de solucionar problemas e melhoria contínua para poder repensar processos”, afirma.

 

Garam Victor Um: de administrador a empresário especialista em café

Com apenas 28 anos, o administrador, formado pelo Instituto Mauá de Tecnologia, Garam Victor Um, já tem uma bela história profissional para chamar de sua. O espírito empreendedor sempre fez parte da sua vida. Quando optou por estudar Administração na Mauá, já sabia que queria ter seu próprio negócio.

Ele fundou a Um Coffee.Co, cafeteria que nasceu com o objetivo de oferecer aos clientes uma experiência que começa no plantio e vai até a escolha da xícara. Para se diferenciar no mercado, Victor foi em busca de mais conhecimento e formou-se barista, especializado em cafés de alta qualidade. Atualmente, seu negócio está prestes a completar dois anos de existência no mercado e segue em pleno processo de expansão.

 

João Henrique Garbin conquistou o cargo de diretor da Volvo Cars Group antes dos 30 anos

Engenheiro mecânico formado pela Mauá, Garbin conquistou uma carreira de sucesso e aos 28 anos tornou-se diretor! Hoje também é responsável por uma divisão da América Latina.

Quando relembra sua passagem pela Mauá, Oliveira diz que as disciplinas de Termodinâmica e de Estatística foram marcantes. “Tive aulas de Termodinâmica com o professor João Carlos Martins Coelho. Ele foi, inclusive, o orientador do meu projeto de graduação. Além, obviamente, do conteúdo técnico da disciplina, aprendi com o professor Coelho a sempre fazer uma análise prévia de qualquer problema, compreender as condições de contorno, listar todas as variáveis que influenciam o sistema e, só então, entendendo a relevância de cada uma delas, buscar uma resposta para o problema. Essa é a forma como trabalho até hoje, não importa se se tratar de um tema técnico ou de gestão. Essa estrutura de pensamento nos obriga a olhar a situação por todos os ângulos possíveis na escolha da melhor solução”.

 

Lucas Turco, designer que enxerga além

É preciso ter conhecimento multidisciplinar, afirma Lucas, formado em Design pela Mauá, que atualmente trabalha em uma agência multinacional especializada em produtos promocionais, brinquedos e PDVs (pontos de venda).

Lucas aprendeu na Mauá e sempre considera em seus projetos o conceito de Co-Criation. “Sempre devemos compartilhar nossas informações, insights e expertise, independente da sua área de formação. Dessa forma, todas as ideias serão aproveitadas e todos obtêm papel determinante em cada projeto”.

 

Carlos Bertozzi, atual presidente da Hella do Brasil

Formado em Engenharia Mecânica na Mauá, Bertozzi optou por fazer a graduação na Mauá logo que conheceu a estrutura. “Identifiquei-me muito com o perfil da escola, dos alunos e dos professores. E hoje vejo que fui muito feliz na minha escolha”.

Atualmente, um dos seus principais desafios no dia a dia executivo na Hella do Brasil é preparar a empresa para crescer por meio de novos negócios, implementação de processos bem controlados, contratações e desenvolvimento de profissionais competentes e motivados.

 

Rodrigo Rudge: empreendedor na área de Engenharia Ambiental

Sempre preocupado com questões que envolvem o Meio Ambiente, o engenheiro de produção formado pela Mauá relembra que, ainda quando aluno, tinha em mente o impacto que os produtos possam causar ao meio ambiente. “Depois de ter cursado a disciplina de Engenharia Ambiental na Mauá, isso começou a fazer mais sentido. No meu último ano da graduação, decidi ter uma experiência fora do Brasil”.

Rudge viveu experiências enriquecedoras em Portugal e Polônia. Atualmente, de volta ao Brasil, cuida de sua empresa na área de consultoria ambiental, a Pisando Verde.

 

Todo mês, a Mauá compartilha casos de sucesso. Fique ligado e acompanhe as novidades!

 

#carreira #profissao #sucesso #Engenharia #Administracao #Design #vestibular #eusouMaua #vaiMaua #orgulhodeserMaua #vempraMaua #OProximoEstaProximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.