A 1.ª edição da Semana Mauá de Inovação, Liderança e Empreendedorismo – SMILE começou da melhor maneira possível.

Max Gehringer* veio ao Instituto Mauá de Tecnologia abrir o evento e aproveitou a ocasião para conhecer nossa infraestrutura. Dando um show de talento e bom humor, ele falou ao BLOG da Mauá sobre as mudanças no mercado de trabalho e deu dicas para que você, aluno, conquiste uma carreira de sucesso.

“Nós tivemos várias mudanças significativas no mercado de trabalho nos últimos 30 anos. Mulheres começaram a ter muito mais participação não só em quantidade, como também em cargos de destaque.

A partir da década de 1990, houve uma proliferação de faculdades no Brasil. Já nesse novo cenário, com cursos no período noturno e preços bem mais acessíveis, pessoas de um poder aquisitivo menor puderam conquistar o seu diploma.

Depois disso, veio o curso Tecnológico, com formação superior em 2 anos; e finalmente o curso EAD – Ensino à Distância. De repente, uma geração inteira conseguiu fazer cursos superiores e, em muitos casos, foram os primeiros a terem essa conquista, o que criou na família e nos formandos a expectativa de que seria fácil ingressar numa empresa já num cargo altíssimo.

Mas isso não aconteceu: as empresas não mudaram na mesma velocidade. O resultado é que as pessoas começaram a mudar de emprego rapidamente – isso é o que está acontecendo agora. Nós saímos daquele processo de entrar em 1, 2 empresas na vida, para a situação atual, com média de 5 empregos em 3 anos.

O mundo do trabalho está realmente diferente, mas há certas coisas que continuam prevalecendo: SE ALGUÉM É BOM SERÁ VISTO, E SE ALGUÉM ENROLAR SERÁ PERCEBIDO. O nível das pessoas contratadas subiu, mas não necessariamente os primeiros trabalhos que elas fazem estão à altura do que estudaram. O meu ponto de vista é que os primeiros meses do 1.º emprego não servem para mostrar conhecimento técnico, mas para construir um laço de confiança entre colaborador e empresa.

Esse é o mercado de trabalho hoje: muito disputado. O funil está cada vez mais estreito, mas no que diz respeito à parte de Recursos Humanos, no tratamento de pessoas, ele continua sendo exatamente o mesmo. Prevalece aquele que é bom tecnicamente, mas que também tem a capacidade de se relacionar bem, possui espírito de liderança e uma série de outras coisas que sempre foi exigido e continuará sendo. E eu enfatizo que é muito bom começar a trabalhar logo, porque não adianta ficar acumulando diploma: se a pessoa não tiver experiência, certamente perderá a vaga num processo seletivo. Os 2 juntos (graduação + experiência) é o cenário ideal. ”

Outros pontos destacados pelo palestrante foram sobre a importância do networking, desde o período da graduação, e o incentivo ao Empreendedorismo.

 

*Max Gehringer é comentarista da Rádio CBN e do Fantástico, na TV Globo. Administrador de Empresas, foi Presidente da Pepsi-Cola Engarrafadora e da Pullman/Santista Alimentos. Conhecido por seus artigos em revistas como Época, Exame e Você S/A. É autor de vários livros, entre eles “Comédia Corporativa” e “Emprego de A Z”, e um dos palestrantes mais requisitados do País.

 

1.ª Semana Mauá de Inovação, Liderança e Empreendedorismo - SMILE 2018

 

Aluno, até 27 de maio você contará com diversas opções de palestras, minicursos, visitas técnicas e demais oportunidades que interligam as áreas de Administração, Design e Engenharia. Não perca!

Acesse smile.maua.br e confira. 😉

 

#SMILE #EuNaSMILE #MaxGehringer #Inovacao #Lideranca #Empreendedorismo #Administracao #Design #Engenharia #Maua #IMT #eusouMaua #vaiMaua #orgulhodeserMaua

Nenhum comentário para “O que Max Gehringer nos ensinou na SMILE 2018”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário