Atualmente o Brasil enfrenta a ‘famosa’ CRISE ECONÔMICA, assunto destacado constantemente em todas as mídias no mundo.

A realidade vivida pelos brasileiros em seu dia a dia chega a ser desanimadora: aumento da taxa de inflação, com produtos e serviços cada vez mais caros; queda no PIB, gerando mais desemprego etc. Mas independentemente dos motivos pelos quais o país chegou a esse ponto, é preciso enxergar as adversidades com otimismo e buscar oportunidades para mudar o jogo.

Em meio ao turbilhão de eventos que afetam cada vez mais a vida dos brasileiros, há um nicho de jovens universitários que iniciaram ou iniciarão em breve o contato com o mercado de trabalho. O BLOG da Mauá conversou com o coordenador do curso de Administração da Mauá, professor Ricardo Balistiero, para trazer dicas preciosas aos estudantes que buscam enfrentar a crise com criatividade e conquistar o tão sonhado sucesso profissional e pessoal. ;)

“Em momentos de crise, o jovem deve em primeiro lugar buscar por qualificação para se diferenciar e ampliar as suas áreas de atuação no mercado de trabalho, que está cada vez mais competitivo. Em segundo lugar, é desenvolver competências deixadas em segundo plano, pois esses conhecimentos também agregarão valor à sua formação.

“Quando pensar em carreira, esse jovem deve ter em mente que precisa ser feliz em todas as áreas de sua vida – a felicidade precisa fazer parte do seu dia a dia. Ele também deve encontrá-la em sua vida profissional, mas ser bem-sucedido não está limitado à aquisição de bens materiais; é um conjunto de fatores que ultrapassam essa questão.”

É importante aprender a ter uma vida financeira saudável, adotando a cultura da POUPANÇA. De acordo com o professor Balistiero, “essa disciplina financeira proporcionará ao jovem uma tranquilidade para que, num dado momento de sua vida, passe a trabalhar menos, possa aposentar-se mais cedo ou simplesmente focar em outras coisas além de ‘trabalhar para sobreviver’. Infelizmente nós, brasileiros, ainda não temos essa cultura.

Estamos vivendo uma crise, mas é momento de dar espaço às oportunidades. Se você possui um equilíbrio financeiro, talvez seja a hora de fazer aquele curso que sempre quis para se qualificar, a fim de enfrentar os desafios com um pouco mais de tranquilidade. Eu sou muito otimista em relação a isso, pois acredito que, na adversidade,  conseguimos descobrir coisas interessantes. Não dê espaço ao pessimismo, tenha sempre uma atitude positiva em tudo o que fizer, buscando soluções criativas para os problemas enfrentados.

A Mauá é uma instituição de primeira linha que, possibilita ao aluno o contato com muitas oportunidades de estágio, trainee ou emprego. Elas nem sempre serão no ramo desejado, mas o importante é entender que o mercado de trabalho o está reconhecendo você e permitindo que inicie suas atividades como profissional. Lembre-se: mesmo que não seja aquele cargo tão sonhado, é um bom momento para dar esse passo, devido a três fatores:

1.º) você está em movimento;

2.º) o mercado reconhece a sua formação e a instituição onde estuda, dando-lhe oportunidades mesmo num momento de crise;

3.º) toda crise passa: você ainda poderá buscar uma qualificação na sua área de interesse.

Para se qualificar ainda mais e desenvolver competências, aproveite as atividades extracurriculares que a Mauá oferece: sejam palestras, projetos e atividades especiais, cursos complementares, Enactus Mauá, Mauá Jr., Centro Acadêmico, entre outros, aproveite essas oportunidades que podem representar uma minimização / suavização desse período um pouco mais crítico que nós estamos vivendo.

A Mauá transforma o jovem em empreendedor, fazendo com que ele adquira cuidados especiais em períodos de crise e obtenha destaque. Conheço vários casos de empreendedores que se descobriram capazes de ter seu próprio negócio quando perderam os seus empregos, pois num momento de dificuldade resolveram investir na sua criatividade. Seja com o acompanhamento de um profissional, seja com os aprendizados obtidos na sua formação, você de repente pode tornar-se o seu próprio patrão. Isso faz parte de se enxergar a crise com otimismo, apesar das cautelas que evidentemente precisamos ter. O importante é sempre aliar a sua ideia a um bom planejamento.

A economia é cíclica, vive momentos de altos e baixos. A crise já dura mais de dois anos e é marcada, principalmente, pela queda do PIB – gerando muito desemprego, área mais sentida pelos brasileiros. Por isso, acredito que essa fase serve como lição: na bonança, precisamos preparar-nos para os momentos de queda. Redução de carga horária, lay-off ou até mesmo um desemprego não são tão temidos pelos que fizeram uma economia inteligente e se qualificaram. Por isso é importante gastar menos do que se ganha, somos um país emergente e passaremos por vários ciclos como esse novamente”.

 

Essas dicas são essenciais àqueles que buscam o sucesso, tanto pessoal quanto profissional, independente das adversidades. Aproveite todos os recursos oferecidos pela Mauá e alie-os às oportunidades que surgirem, a fim de construir uma carreira bem-sucedida! :)

 

Gostou das dicas? Então compartilhe com os seus amigos! ;)

 

#crise #economia #sucessonacrise #empreendedorismo #dribrlandoacrise #carreira #emprego #sucessoprofissional #vaiMaua #orgulhodeserMaua

Nenhum comentário para “Carreira | Driblando a crise”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário