O conceito de empresa júnior chegou ao Brasil no final da década de 80 e em 1990 foi fundada a Mauá Jr., uma das primeiras no País. Começou com três amigos que queriam adquirir experiências além das proporcionadas em sala de aula e, ao mesmo tempo, queriam colocar em prática a vontade de empreender. Com o tempo, uniram-se a outros alunos com os mesmos objetivos e criaram a Mauá Jr., empresa júnior administrada por alunos do Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia.

A Mauá Jr. é uma associação civil sem fins lucrativos que funciona independentemente do Centro Universitário, porém conta com o apoio da Instituição no que diz respeito à infraestrutura, espaço físico, suporte dos professores e laboratórios para desenvolvimento dos projetos.

Atualmente, é composta por sete departamentos: Marketing, Projetos, Projetos Sociais, Financeiro, Tecnologia da Informação (TI), Qualidade e Gestão de Pessoas. E conta com a atuação de 30 alunos, organizados hierarquicamente: trainee, membro, gerente, diretor, conselho, presidente e vice-presidente do conselho.

Cada departamento da Mauá Jr. tem a sua função definida e é responsável pelos trabalhos que envolvem a área:

Marketing: acompanha todos os projetos fazendo o trabalho de divulgação, design e ações digitais, além do trabalho de comunicação interna e externa da própria Mauá Jr., assim como organizando todos os eventos relacionados à empresa.

Projetos: responsável pela logística e gerenciamento dos projetos, desde a sua viabilidade até todos os processos necessários para a sua conclusão.

Projetos Sociais: sendo um diferencial da Mauá Jr., é um departamento específico para promover as ações sociais da associação.

Financeiro: encarregado das questões jurídicas e administrativas da Mauá Jr.

Tecnologia da Informação – cuida da infraestrutura de equipamentos e softwares necessários para um projeto e para a própria associação.

Qualidade: responsável por aplicar os procedimentos necessários para cada projeto, levando em consideração o 5S, sistema organizacional adotado pela Mauá Jr.

Gestão de Pessoas – promove integração e capacitação dos membros da associação, além de organizar o processo seletivo.

CAPTAÇÃO DE PROJETOS

As áreas de atuação da Mauá Jr. são Administração, Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Engenharia Química, além de Tecnologia da Informação. Segundo o seu presidente, o aluno Luiz Henrique Leite, o foco da Mauá Jr. é atender as micro e pequenas empresas, uma vez que, geralmente, cobra-se um valor abaixo do praticado no mercado. Apesar disso, ele conta que já atenderam clientes grandes, como por exemplo, a Coca-Cola.

Os projetos dos clientes chegam para a Mauá Jr. via e-mail, pelas redes sociais e por indicação de professores e alunos. Apesar de receberem muitos projetos, nem todos são aprovados, por uma questão de viabilidade, explica Luiz Henrique: “nós temos uma planilha de viabilidade de projetos e se alguma variável aponta que é inviável, repassamos a resposta para o cliente, indicando outra empresa e até mesmo o Centro de Pesquisas da Mauá”.

Após ser aprovado, o projeto é direcionado para os departamentos responsáveis e é escolhido um gerente para cuidar especificamente dele, que fica como responsável pelo andamento dos trabalhos.

O gerente reporta-se ao diretor do departamento, que é cobrado pelo conselho da Mauá Jr., em reuniões semanais. Esse conselho é formado por membros da Mauá Jr., que, em caso de dúvida, podem procurar os mentores, que são ex-alunos que participaram da empresa anteriormente.

COMO PARTICIPAR

Para tornar-se um membro da Mauá Jr. o aluno (Administração, Design ou Engenharia), deve participar do processo seletivo da empresa, que acontece no início de cada ano. Após a aprovação, o primeiro cargo é o de trainee, no qual ele vai aprender como funciona a empresa. Logo em seguida, o aluno passa a ser um membro de fato, ficando disponível para gerenciar um projeto quando for escolhido pelos diretores. Com o tempo, o próximo passo é chegar a diretor de área. Todos os cargos, assim como os do conselho, são decididos em votação aberta.

Além dessa hierarquia, os alunos também podem participar de outras duas formas: como estagiário – geralmente alunos da 3ª, 4ª ou 5ª série, remunerado e contando horas de estágio pela Mauá – e como voluntário nos projetos sociais.

DIFERENCIAL EM UM EMPRESÁRIO JÚNIOR

Como um membro da Mauá Jr. o aluno terá que cumprir 4 horas semanais na sede da empresa e realizar as tarefas designadas. O trabalho na Mauá Jr. é voluntário, ou seja, nenhum dos membros recebe salário ou remuneração.

Contudo, o aluno participante da empresa júnior adquire uma experiência inestimável para o currículo e para a vida profissional. “No mercado de trabalho, quem participa de uma empresa júnior está em vantagem num processo seletivo. Por exemplo, 40% dos estagiários do Itaú são de empresas júniores. As empresas olham com mais atenção para esse candidato, porque ele já obteve experiência por ter trabalhado com projetos, tem noção de liderança e visão de mercado”, afirma Luiz Henrique.

Como a Mauá Jr. é uma organização sem fins lucrativos, os lucros são investidos na capacitação da equipe com treinamentos e cursos em diversas áreas. Além dessa capacitação, o dia a dia dos projetos fornece oportunidades de networking e conhecimentos, na prática, do mercado de trabalho.

 

MAUÁ JR.

www.mauajr.com.br

(11) 4239 3180

Horário de Funcionamento: 8:00 às 18:00 – Seg. à Sex.
Praça Mauá 01, Sala H207

Nenhum comentário para “Conheça a Mauá Jr., a empresa júnior da Mauá”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário