Se não conhece, precisa mudar essa situação o quanto antes. Hoje, o LinkedIn é a principal plataforma online para promover o networking entre profissionais, com mais de 200 milhões de pessoas conectadas, sendo 15 milhões somente do Brasil. Para se ter uma ideia da sua importância profissional, mais de 3 milhões de empresas estão presentes com suas “company pages” e já existem mais de 2 milhões de grupos, compartilhando conhecimentos em áreas diversas.

Assim, não há dúvida do quanto é importante que você tenha um perfil atualizado e completo no LinkedIn para atrair headhunters, encontrar antigos colegas de trabalho, divulgar sua empresa para futuros clientes e encontrar pessoas influentes na sua área de atuação, por meio de grupos específicos ou por conexões dos seus contatos.

Para fazer o seu perfil, você precisa se cadastrar e preencher todos os campos que aparecem: foto profissional (perfis com foto são mais atraentes do que os sem foto), experiências profissionais (contando suas responsabilidades e conquistas), formação acadêmica (desde graduação, pós, mestrado e doutorado, até cursos livres de especialização), participação em eventos corporativos ou ligados à área, competências e habilidades (pessoais e técnicas), trabalhos voluntários, idiomas, recomendações de pessoas que conhecem o seu trabalho (para os recrutadores terem uma ideia da sua capacidade e personalidade) e um resumo do profissional que você é – pensando que esta será a primeira coisa que as pessoas visualizarão do seu perfil.

Caso você esteja procurando estágio ou emprego, estar no LinkedIn aumenta as suas chances de ser encontrado pela empresa em que gostaria de trabalhar. Nesta rede social o foco principal é o networking, então muito cuidado para não exagerar, pois é o seu perfil profissional que esta em jogo.

No LinkedIn, você consegue postar atualizações de status, então use com inteligência. Divulgue informações interessantes para pessoas da mesma área, promova a sua carreira, contando sucessos e novidades a respeito de você como profissional. Entre em grupos e participe ativamente das discussões e soluções de problemas. Talvez o seu próximo chefe possa estar no mesmo grupo acompanhando a evolução das suas ideias e conhecimentos?

Siga as páginas que mais interessam a você para ver o que as empresas estão divulgando e se informar sobre o perfil de cada pessoa que também as seguem, assim você conseguirá fazer uma boa escolha caso seja chamado para uma entrevista. Você pode também acompanhar páginas de instituições de ensino e verificar o que os alunos e ex-alunos estão fazendo e onde estão trabalhando.

Atualmente, é quase uma obrigação para os profissionais estarem presentes no LinkedIn com perfil atualizado, estando ou não trabalhando. Mesmo para quem ainda não terminou o curso de graduação, é interessante ter esses vínculos ainda durante os estágios e poder contar com uma rede de pessoas influentes na hora de conseguir o emprego dos sonhos de todo formado.

A Mauá já está presente com uma página direcionada para colaboradores e empresas, e outra página de universidade, voltada somente para os alunos e ex-alunos. Há um grupo voltado para todos, com o objetivo de promover conversas e divulgação de empregos. Participe!

No dia 11 de dezembro aconteceu a cerimônia de entrega do 15º Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas, premiando as Engenheiras Químicas Camila da Mata, Daniele de Figueiredo e Natália Santana – formadas pela Mauá em 2012 – com o segundo lugar, pelo trabalho “Estudo da viabilidade da utilização de extrato alcoólico de Neem (Azadirachta Indica) como agente antifúngico em tinta decorativa base água”.

Esse prêmio é promovido anualmente pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (ABRAFATI), sendo o mais tradicional da área, com o objetivo de estimular a pesquisa científica relacionada ao tema.

O Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas já conta com 14 edições, sempre premiando os trabalhos do mais alto nível, contribuindo para a integração entre universidade e indústria.

A pesquisa das ex-alunas foi feita sob orientação do Prof.º Dr. Leo Kunigk, Coordenador de Pós-Graduação Stricto Sensu do Instituto Mauá de Tecnologia. Conversamos com o grupo sobre a pesquisa, o prêmio e os aprendizados. Confira:

Vocês podem explicar para os leitores sobre o que é exatamente a pesquisa vencedora?

O trabalho trata da substituição de um componente tóxico, o fungicida, presente nas tintas à base de água, por um componente natural derivado da planta indiana Neem. Esse componente é uma espécie de antifungo que conserva a tinta para evitar o crescimento de microrganismos. O objetivo do trabalho foi desenvolver um produto menos agressivo ao meio ambiente, portanto o estudo foi dividido em duas etapas, inicialmente verificamos a eficiência do extrato alcoólico de Neem na inibição do crescimento de Aspergillus niger, principal microrganismo que se desenvolve na superfície da tinta, e, em seguida, estudamos a aplicabilidade deste extrato como agente antifúngico em tintas decorativas à base de água.

Como surgiu a ideia de iniciar essa pesquisa?

A ideia do projeto surgiu no início de 2012 quando procuramos o Prof.º Dr..Léo Kunigk para saber se ele tinha disponibilidade para nos orientar e para conversar sobre possíveis opções e linhas de pesquisa para nosso trabalho de graduação. Depois de aceitar ser o nosso orientador, ele comentou que no ano anterior havia desenvolvido um trabalho utilizando a planta indiana, tradicionalmente conhecida como Neem, em alimentos. Como já conhecíamos o poder antifúngico do Neem e éramos do curso de Engenharia Química, dentre as opções de aplicação, resolvemos testar sua aplicação em tinta decorativa à base de água e então, começamos a trabalhar neste desafio.

Quanto tempo durou o processo de pesquisa e conclusão deste trabalho?

Nossa pesquisa durou menos de um ano, pois quando finalmente definimos o tema, o ano letivo já tinha começado. Inclusive, naquela época, nos desesperamos um pouco, porque muitos colegas de classe já estavam com suas pesquisas bastante avançadas.

E depois de muito trabalho, como foi ganhar este prêmio?

Foi surpreendente e muito gratificante. Um momento de muita alegria, pois ele representa todo o empenho e dedicação nesses anos de Mauá, pois sem o conhecimento adquirido ao longo desses anos não seríamos capazes de realizar esse trabalho. Podemos dizer também que o prêmio é um símbolo de superação, uma vez que passamos por diversas dificuldades ao longo do curso, o que torna o prêmio ainda mais gratificante! O prêmio certamente é o reconhecimento de um grande trabalho em equipe.

Para a carreira de vocês, o que significa essa conquista?

Todo reconhecimento por um trabalho realizado é válido e muito bem vindo! Acreditamos que essa conquista representa um grande reconhecimento por parte dos estudiosos do setor de pesquisa, desenvolvimento e de tintas.

Também não temos certeza do que pode vir ao adicionarmos essa conquista em nossos currículos, mas acreditamos que, no mínimo, nos destacaremos por este diferencial. Talvez isso abra portas para novas oportunidades, para caminhos na nossa carreira que não esperávamos e estamos abertas a novas experiências sempre!

Nenhuma de nós imaginou seguir carreira na área de pesquisa, mas nunca se sabe!

Vocês já trabalham na área?

Sim, a Camila e a Daniele trabalham na empresa AkzoNobel Ltda. A Camila como Engenheira de Processos na Planta de Especialidades e Complementos e a Daniele como Engenheira Ambiental no setor de Saúde, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente. A Natalia trabalha na empresa Colgate-Palmolive Industrial Ltda. no setor de embalagens.

Valeu a pena toda a dedicação de vocês para o trabalho ficar pronto?

Valeu muito! Diferentemente da maioria dos grupos de TCC, nós não tivemos momentos de tensão entre os integrantes. Claro que nem sempre você concorda com o seu colega, mas nós nos demos muito bem e acredito que isso tenha facilitado todas as conquistas! E, sem dúvida cada momento de desespero próximo às entregas parcial ou final do trabalho, cada frio na barriga para as apresentações e para a Eureka, cada momento de medo de alguma coisa dar errado, de atrasar… tudo, tudo valeu a pena no momento em que fomos aprovadas com nota 10 na banca. E a nossa certeza de que valeu a pena aumentou durante a colação de grau e triplicou com a notícia da premiação!

Qual a dica que vocês dão para quem está iniciando os estudos em Engenharia Química na Mauá?

Que se dedique e tente absorver ao máximo todo o conhecimento que lhe for passado ao longo do curso, pois hoje somos consequência de todo esse aprendizado. E fique sempre atento nas Associações e Instituições ligadas ao setor de química para apresentar e realizar trabalhos como o nosso.

Além do mais importante: nunca desistir, por pior que seja a dificuldade de aprender. Pode parecer clichê, mas como já citamos aqui, a superação e a dedicação vale muito a pena! Dedique-se que você não se arrependerá!

administração

Você pode não perceber, mas Administração é parte importante da sua vida, seja em casa, no trabalho ou nos seus projetos para o futuro. Muitas pessoas acreditam que os conceitos da Administração são aplicados somente em ambientes coorporativos, nas empresas e nos escritórios; contudo, quando paramos para pensar, qualquer planejamento que fazemos, envolve organização, metas, regras, resolução de problemas e busca de melhorias, conceitos básicos de um bom administrador.

Numa casa, por exemplo, a Administração é sempre utilizada, uma vez que os chefes de família decidem os rumos a seguir, obedecendo a orçamentos, normas, relacionamentos interpessoais, sempre lidando com desafios diversos ao mesmo tempo.

Fora da nossa casa também esbarramos com a Administração. Seja organizando nosso tempo no trabalho, planejando os afazeres do dia a dia e nos esforçando para atingir os objetivos propostos. Podemos dizer que praticamente tudo o que existe hoje contém, de alguma forma, alguma ação de Administração, uma vez que por trás de qualquer produção, comércio ou organização existe um plano de negócios feito por um administrador.

Por isso é tão importante que todos os profissionais, independentemente da sua área de atuação, tenham noções de Administração, de gestão de processos e de pessoas. Mais cedo ou mais tarde você vai precisar. Pensando nisso, a Mauá oferece, em todos os seus cursos, disciplinas específicas, aliando conceitos da Administração com as práticas das profissões, além do curso de Administração na sua grade de graduação.

E para quem já é formado, mas sente essa necessidade de unir conceitos e práticas da sua profissão com Administração, a Mauá oferece também cursos de especialização em gestão. Conheça a relação de cursos!

Aceite, administração faz parte da sua vida e assim, faz parte da Mauá.

Universidad de Valladolid (UVa)

Assim como as professoras Claudia Facca e Cynthia J. Kunigk, o prof.º José Alberto Domingues Rodrigues, da Engenharia Química foi contemplado com a Bolsa Professores Ibero-Americanas Santander Universidades e esteve de 30 de setembro a 11 de outubro deste ano na Universidad de Valladolid (UVa), na Espanha.

“As atividades realizadas nesse estágio-docente constaram do conhecimento da estrutura da universidade, especificamente no curso de Engenharia Química. A abordagem foi com relação ao funcionamento da grade curricular, funcionamento das aulas e a infraestrutura”, explica o Professor José Alberto.

Por meio desse estágio, o Professor ficou sabendo que, nessa Universidade, os diversos cursos de Engenharia encontram-se organizados na “Escuela de Ingenierías Indrustriales”, com duração de quatro anos, dois deles comuns para todos os cursos e dois específicos para cada área. Após a graduação, o aluno pode realizar um curso de pós-graduação, denominado “máster”, com duração de dois anos.

Segundo o professor José Alberto, “essa nova estrutura curricular está em seu quarto ano de funcionamento, ou seja, ainda não existe turma formada, pois o que havia antes era uma estrutura não uniformizada entre os cursos de Engenharia. Tal padronização ocorreu em toda Espanha. Entretanto, cada instituição de ensino superior fez a reestruturação de modo individual, apenas atendendo a alguns critérios mínimos comuns de conteúdo e carga horária em determinadas áreas de conhecimento, os quais foram exigidos de modo obrigatório para que o título de engenheiro fosse padronizado”.

A Universidad de Vallodolid é estatal e assim, os professores têm dedicação exclusiva à Universidade e são funcionários públicos. Os alunos não pagam pelo estudo e podem usufruir de uma residência estudantil, contribuindo apenas com uma anuidade, correspondente a 20% do valor em relação ao do ensino privado.

Além do objetivo de conhecer o que a Universidade tem a oferecer na área de Engenharia, o estágio também teve o intuito de iniciar conversas para um Acordo de Cooperação Internacional entre a Universidad de Valladolid e o Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia, o qual permitirá, que os alunos da Mauá realizem parte da graduação na UVa.

Para o Professor José Alberto, “a experiência adquirida neste período foi muito positiva, pois foi possível participar de forma intensa das atividades de rotina referentes ao ensino de Engenharia Química em uma instituição de qualidade e localizada num país com cultura distinta, agregando valores na formação profissional, que serão utilizados para melhorar a atuação docente”.