Uma das dúvidas mais frequentes dos alunos do ensino médio é sobre a diferença entre os cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica. Com qual você mais se identifica?

Embora o engenheiro eletricista e o engenheiro eletrônico possuam a mesma formação técnica básica, o que por si só já garante ampla possibilidade de atuação no mercado de trabalho, a especialização presente nos últimos anos do curso de graduação permite a atuação destes profissionais em áreas bastante específicas.

A Engenharia Eletrônica permeia nosso cotidiano, presente nas mais diversas áreas: comunicações, sistemas computadorizados, controle de processos, entretenimento, segurança, automação predial, equipamentos médicos, entre muitas outras. Essa amplitude de aplicações faz do engenheiro eletrônico um profissional de formação ampla e diversificada, preparado para assumir projetos que vão desde imensas redes de comunicação até minúsculos circuitos eletrônicos.

Já a Engenharia Elétrica foca na geração, distribuição e conversão eficiente da energia elétrica, incluindo as diversas formas de transporte que fazem uso da eletricidade como força motriz. Muito além da geração convencional (hidráulica ou térmica), o engenheiro com essa formação também analisa fontes alternativas de energia, como eólica e solar.

Esse profissional atjua praticamente em todas as áreas de trabalho relacionadas com energia. O metrô, por exemplo, emprega grande número de engenheiros eletricistas.

 Quer saber mais?

Assista ao vídeo em que o Prof. Wânderson de Oliveira Assis, Coordenador dos cursos de Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica da Mauá fala sobre os cursos, as disciplinas e o mercado de trabalho.

Nenhum comentário para “Engenharia Elétrica e Engenharia Eletrônica”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário