A biblioteca da Mauá, “Eng. Álvaro de Souza Lima”, é muito frequentada por alunos e professores de todos os cursos do Centro Universitário e oferece diversas formas de pesquisa do seu acervo, seja online ou off-line. Atualmente a biblioteca conta com mais de 70 mil livros, 519 periódicos, teses e um extenso acervo virtual.

A maioria do acervo é voltada para temas de Engenharia, Design e Administração, contendo também títulos direcionados para os cursos de pós-graduação. São sempre atendidas as demandas dos alunos e professores, que podem solicitar a compra de um livro por meio da coordenadoria do respectivo curso.

Muitos não sabem, mas entre esses exemplares há algumas preciosidades na nossa biblioteca!

Por exemplo, você sabe qual foi a primeira aquisição em livro da Mauá? E qual é o livro mais antigo? Vale a pena conferir essas curiosidades!

  • Mais antigo – Nouveau traité élémentaire de perspective à l’usage des artistes et des personnes qui s’occupent du dessin, précédé des premières notions de la géometrie élémentaire, de la géometrie descriptive, de l’optique et de la projection des Ombres, de Jean-Baptiste-Antoine Cloquet – do ano de 1823.
  • Primeira aquisição – Tábua de Logaritmos, de Alberto Nunes Serrão.
  • Maior de todos – Atlas das unidades de conservação ambiental do Estado de São Paulo, Governo do Estado de São Paulo. Altura: 41 cm / Largura: 51,5 cm.
  • Menor de todos – Qualidade, ferramenta para uma melhoria contínua, Michael Brassard. Altura: 13,5 cm / Largura: 9 cm.

Além de todo o acervo físico e virtual, a biblioteca “Eng. Álvaro de Souza Lima” conta com cabines para estudo individual, salas para estudo coletivo ou em grupo, três auditórios, salas para vídeos e consultas digitais, um espaço Santander com 30 lugares e espaço para exposições.

Visite nossa biblioteca! Ela está aberta a consultas para toda a comunidade!

Nenhum comentário para “Curiosidades sobre a nossa Biblioteca”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário