Normalmente, as empresas que estão recrutando procuram candidatos com o maior número de diferenciais para preencherem suas vagas. Dentre todas as dicas que citamos no post “Como se preparar para uma entrevista”, dominar uma língua estrangeira e provar isso na entrevista presencial pode tornar-se o maior diferencial de um candidato que não possua experiências anteriores em seu currículo.

Saber expressar-se bem em outro idioma ou conseguir dizer algo, mesmo sem saber todas as palavras ou sinônimos de uma frase, é uma característica que os recrutadores chamam de competência estratégica, pois mostra que o candidato possui flexibilidade ao lidar com diversos tipos de situações. Para ajudar a evitar os temidos “brancos” na hora de uma entrevista em outro idioma, separamos algumas dicas importantes:

– se em português uma entrevista já gera muita ansiedade no candidato, em outro idioma isso pode ser maior. Por isso é importante estar seguro, pois a entrevista deve servir para demonstrar conhecimento no idioma e não para impressionar;

– deixar claro o nível do idioma no momento da candidatura à vaga. Não adianta colocar no currículo que você é fluente e na entrevista apresentar um nível inferior;

– estar preparado para responder perguntas profissionais e pessoais. Pesquisar e praticar respostas a algumas perguntas que normalmente são feitas em entrevistas e formar textos no outro idioma, com termos e expressões que normalmente são usados na área;

– no começo da entrevista, não tentar justificar para o entrevistador que fala mais ou menos a língua ou está sem prática, afinal será ele quem fará a avaliação;

– estar atento à pronúncia e as formas gramaticais utilizadas;

– evitar responder as perguntas somente com “sim” ou “não”. O melhor é tentar justificar as respostas com base nos estudos e treinos feitos antes da entrevista;

– estar preparado para um teste de gramática. Além da entrevista, o processo seletivo poderá incluir um teste escrito para comprovar o nível de leitura e escrita;

– se não entender alguma pergunta, o melhor é pedir para o entrevistador repetir, (na língua em que estiver sendo feita a entrevista, é claro) e, em caso de “brancos”, tentar responder a pergunta de outra forma.

Boa sorte nos processos seletivos! 😉

Nenhum comentário para “Dicas para se sair bem numa entrevista em outro idioma”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário