Alunos da Engenharia Eletrônica e Mecânica da Mauá destacaram-se no 21.º Congresso e Exposição Internacionais de Tecnologia da Mobilidade da SAE BRASIL, que teve como tema: A Engenharia da mobilidade em mercados competitivos: soluções por meio de inovações tecnológicas.

Os alunos e seus professores orientadores, conquistaram o 1.º, 2.º e 3.º lugares na premiação de trabalhos estudantis. Confira:

1.
º lugar
Projeto de um sistema de tração elétrica para um veículo utilitário
Autores do trabalho: Ramon Perez, Denis Minharro Gambin Goshi, Bernardo Curioni
Prof. Orientador: Fernando Malvezzi
  
2.º lugar
Desenvolvimento de uma injeção eletrônica para motores monocilíndricos de baixa cilindrada
Autores do trabalho: Bruno Tadeu Pavão, Anderson Fuzetto Tucan, Rodrigo Palugan Hollosi, Thiago Araújo Garcia
Prof. Orientador: Sergio Augusto Ribeiro

3.º lugar
Desenvolvimento de um sistema de suspensão e direção aplicado a um veículo Baja SAE
Autores do trabalho: Edgar Sanches Moreno, Leonardo Capocio Neto, Marlon Robson de Oliveira
Prof. Orientador: Fernando Malvezzi


Todos estão convidados a assistir as apresentações dos alunos!

Data: 02 de outubro
Horário: das 13h às 15h
Local: Expo Center Norte, Pavilhão Vermelho Auditório Jaçanã 3 – Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme

Parabéns aos alunos e professores orientadores pelos excelentes resultados! 🙂

Mais informações sobre o 21.º Congresso SAE Brasil:
http://www.saebrasil.org.br/eventos/congresso2012/v2/


Atenção alunos do ensino médio participantes do Mauá Hands On: A Mauá preparou uma ação especial pra vocês!

Curta a página da Mauá, e poste no mural uma foto da sua participação no Mauá Hands On com legenda e concorra a um Blusão da Mauá.

As fotos poderão ser enviadas até o dia 5 de outubro. A foto com a legenda mais criativa será premiada.

Atenção: Serão avaliadas a foto e a legenda. A legenda deve conter o nome do colégio em que você estuda.

Além disso, todas as fotos postadas serão publicadas no nosso álbum no Flickr.

Vale foto com a família, amigos, nos laboratórios e atrações do Mauá Hands On.

O resultado será divulgado dia 11 de outubro.

Não fique de fora, participe! 🙂

Esta é a última semana de inscrições para o Mauá Hands On.

Ainda não se inscreveu? Saiba um pouco mais sobre o que vai acontecer nas oficinas para alunos e professores.


Oficinas para Alunos

Administração – Fábrica de chinelos
Em uma oficina prática e dinâmica, os futuros Administradores conhecerão as diferentes maneiras para se desenhar e gerenciar o setor de manufatura de uma fábrica de chinelos. 

Engenharia Civil – Construa sua ponte
Uma dinâmica, bastante divertida, em que os futuros Engenheiros Civis serão desafiados a superar os obstáculos propostos pelo jogo, inclusive com cálculo do custo simultâneo.

Engenharia Química – Produção de detergente líquido
Os futuros Engenheiros Químicos conhecerão passo a passo o processo de preparação de detergente líquido e a sequência de reações químicas básicas.

Engenharia de Alimentos – Industrialização de sorvetes
Uma deliciosa oficina em que os participantes conhecerão as etapas para o processamento e industrialização de sorvetes. E ainda poderão provar os sorvetes!

Engenharia de Controle e Automação – Robô móvel seguidor de linha
Nesta oficina, os alunos irão desenvolver um robô autônomo capaz de seguir um trajeto definido por uma linha no chão. E no final levarão o robô para casa!

Engenharia Mecânica – Desvendando o motor a combustão interna
Os futuros Engenheiros Mecânicos serão convidados a descobrirem os processos de montagem, desmontagem e funcionamento de um motor.

Engenharia Elétrica – Geração de Energia Elétrica utilizando uma bicicleta
Seguindo a tendência mundial de sustentabilidade, nesse projeto as equipes disputarão quem produzirá energia em menos tempo, pela ação de pedalar numa bicicleta.

Engenharia Eletrônica – Controle de movimentação de um veículo pela web
Na oficina de Engenharia Eletrônica será apresentado um projeto multidisciplinar que envolve computação, transmissão de dados sem fio, utilização de sistemas de aquisição de dados, eletrônica embarcada e programação de sistemas microcontrolados. Que projeto será esse?

Engenharia de Produção – Produção de sanduíches
Os futuros Engenheiros de Produção, farão um exercício muito bacana que simulará uma linha de montagem por meio de produção de sanduiches. E depois de todo o trabalho, bom apetite!

Design – Como é desenhado um automóvel?
Os futuros Designers de Produto conhecerão o processo de criação e desenvolvimento de um automóvel, do sketch ao modelo em clay.

 

Oficinas para Professores
Essas oficinas têm como objetivo principal proporcionar experiências que possam enriquecer as aulas, mostrando, por meio de atividades práticas, como disciplinas básicas do ensino médio, são aplicadas na vida acadêmica.

Engenharia Química
Módulo 1 –
Processo de fabricação de creme hidratante
Módulo 2 –
Síntese e aplicação de corantes

Engenharia Mecânica
Módulo 1 –
Trabalho com motores
Módulo 2 –
Utilização de polímeros reforçados para estruturas

 

Haverá também uma palestra sobre “O Futuro da Engenharia” no auditório Alpha, às 9h30 e às 13h, e diversas ações interativas acontecendo durante o evento em todo campus.

Além de todas as atrações, haverá a final da competição OSKBÇAS no Ginásio de Esportes às 15h. Todos estão convidados para assistir e torcer!
Ainda não jogou OSKBÇAS? Alunos de várias escolhas já jogaram e estão disputando os primeiros lugares do ranking para concorrerem a um iPad e a outros prêmios.

Não perca essa oportunidade!
Avise seus amigos! Inscreva-se e não se esqueça de trazer sua câmera fotográfica para registrar todos esses momentos! 🙂

O ex-aluno do curso de Engenharia Mecânica da Mauá, Rafael Bisagna Moura é um dos vencedores do “1.º Prêmio AEA Jovem Engenheiro Automotivo”, promovido pela AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, com o projeto: “Injeção direta de alta pressão em motores de ignição por faísca: desempenho, eficiência e emissões”.
Além da premiação pelo projeto, Rafael também será premiado por seu currículo acadêmico.

“Ser premiado pela AEA, uma associação de grande reconhecimento pela indústria automobilística, é consequência de muita dedicação e motivo de muito orgulho. Certamente, o prêmio será de grande importância para minha carreira profissional, pois mostra o interesse na exploração e desenvolvimento de novas tecnologias em busca de mundo sustentável, além de ser reconhecido por grandes empresas e importantes membros associados à AEA.”, comenta Rafael.

A premiação acontecerá durante o evento XX SIMEA – Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva em 24 de setembro.
Confira o resumo do projeto:

Injeção direta de alta pressão em motores de ignição por faísca: desempenho, eficiência e emissões

O objetivo desse trabalho é comparar o comportamento de combustão e operação do motor utilizando injeção direta de alta pressão, 12 MPa (120 bar), com sistema de injeção direta de baixa pressão, 1 MPa (10 bar). Para esse estudo foi usado um motor monocilíndrico de 390 cm³ e um sistema de injeção externo utilizando uma bomba de alta pressão desenvolvido para atingir a pressão desejada para comparação.

O motor foi testado em alta e baixa pressão de injeção. Após o teste, chegou-se à conclusão de que selecionando pressão para um sistema de combustão já existente pode-se ocasionar reações não previstas, como as instabilidades de combustão observadas durante a operação do motor. Porém, nos testes realizados, observou-se que a alta pressão de injeção proporciona até 67% de redução de emissão de HC não queimado e 2,.7% de redução no consumo de combustível, o que é explicado pela mistura mais homogênea e formada mais rapidamente decorrente do maior número de gotículas de menor tamanho, que por sua vez entram em contato com o ar dentro do cilindro, promovendo uma queda de temperatura na medida em que o combustível vaporiza.

Ao selecionar um sistema de injeção direta, é preciso avaliar diversos aspectos, como o sistema de admissão de ar, e não apenas o sistema de injeção de combustível, visto que a turbulência de ar dentro do cilindro e sua movimentação geram significativos efeitos no fenômeno da combustão.

Parabéns Rafael! 🙂