Quando pensamos no conceito de “abrir um negócio” ou “montar uma empresa”, a primeira imagem que nos vem à cabeça é a de um escritório ou loja física. Mas, essa figura comum está mudando cada vez mais, paralelamente à mudança de nosso comportamento como consumidores.

Os negócios com base na internet têm ganhado força e espaço, oferecendo produtos e serviços diversificados e inovadores. Em 2009 o comércio eletrônico movimentou 210 bilhões de reais, um aumento de 9% em relação a 2008 e 88% em relação a 2005. A demanda aumentou proporcionalmente: o número de pessoas utilizando a internet no Brasil chegou a 37,3 milhões de pessoas em maio, um aumento de 327% em relação a 2005. Nos últimos anos muitas empresas, desde as micro até as gigantes multinacionais, estenderam sua atuação ao universo digital dos e-commerces e estão tendo muito sucesso.

Dados recentes indicam que a tendência é que esta expansão continue, pois cada vez mais os e-commerces ganham a confiança dos consumidores, que já chega a 86%. Além disso, a Classe C começa a comprar pela internet, o Brasil é o 13º colocado no ranking mundial de e-commerce e oportunidades sazonais, como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Natal provocam picos de vendas pela Internet. O evento que estamos vivendo no momento, a Copa do Mundo, elevou em 77,7% as visitas aos e-commerces de eletrônicos.

Então, da próxima vez que pensar em Empreendedorismo, lembre-se dos negócios pela internet. Talvez seu próximo (e próspero) negócio seja virtual!

Nenhum comentário para “Empreendedorismo digital:
continua a ascensão do e-commerce”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário