post01

O sol iluminava forte a manhã de clima ameno do último sábado, dia 07 de novembro, dia do vestibular no campus da Mauá em São Caetano do Sul. Salas cheias com candidatos que aguardavam o início da prova. Qualquer movimento na entrada da sala chamava atenção.

Apesar de se esperar cenário tenso, era possível sentir um ar de tranquilidade ao se caminhar pelas ruas e calçadas do campus da Mauá. Por todos os prédios cartazes indicavam caminhos, davam dicas e orientações. Minutos antes da entrega das provas a tranquilidade era tal que parecia um final de semana como outros tantos.

Mas era um dia especial para os candidatos e seus familiares. Enquanto nas salas a prova começava às 8h45, com um atraso de quinze minutos devido ao intenso tráfego nas redondezas do Instituto, que dificultava o acesso, os familiares dirigiam-se à biblioteca para aguardar a conclusão da prova.

Lá eram recebidos por professores, alunos voluntários e a equipe do vestibular da Mauá para um café da manhã com o objetivo de esclarecer quaisquer dúvidas sobre o Instituto e seus cursos. Claro que as conversas foram fluindo e não raro era possível ver uma discussão sobre engenharia, mercado e outros temas.

“Adoro aqui, fazer engenharia na Mauá foi a melhor escolha que fiz”, afirma Rafael Bononato, aluno da 4ª série de Engenharia Mecânica. Acompanhado dos pais Cláudio e Liliane Bononato, Rafael explicava os projetos expostos em um salão da blibioteca com entusiasmo enquanto a sua irmã Gabriela realizava a prova.

Será o terceiro membro da família a entrar na Mauá. O pai Cláudio é ex-aluno: formou-se em Engenharia Elétrica no ano de 1981. Todos incentivaram a filha a fazer o vestibular, “Tudo que aprendi aqui me ajudou muito na minha vida. Será assim com o Rafael e agora queremos o mesmo para a Gabriela”, explica Cláudio.

Tour

Após o café da manhã, os familiares foram convidados a conhecer o campus em um tour especialmente preparado para eles. No roteiro constava visita aos laboratórios específicos de cada curso, salas de aula, projetos automotivos e até mesmo degustação de sorvete produzido pelos alunos de Engenharia de Alimentos.

Tudo guiado por professores do Instituto, que esclareciam dúvidas e contavam com detalhes suas experiências na Mauá.

Conforme os candidatos concluiam a prova o campus ia ficando cheio e era comum ver famílias inteiras caminhando, descobrindo o que faz da Mauá um lugar único para se estudar. Um candidato, já no portão de saída, exclamou para uma pessoa da equipe de apoio da Mauá: “Aqui é incrível, a gente vai se ver muito mais!”

Nenhum comentário para “Como foi o vestibular da Mauá”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário