Começa hoje o evento do ano na Mauá, a Eureka, cuja história você já pôde conhecer aqui. Neste ano, serão cerca de 520 alunos participando, orientados por quase 100 professores que estarão circulando pelos stands, conversando e dando suporte aos alunos-expositores.

Ontem a exposição ainda estava sendo montada, mas conseguimos antecipar um pouco do que te espera por lá e trazemos aqui dez ótimos notivos para você visitar a Feira. Se você ainda não sabe se vai, veja quantos projetos legais serão apresentados. Se você já decidiu comparecer, aproveite para ficar ainda mais animado:

Montagem dos stands na Eureka 2009

1.    Turbina eólica residencial: energia eólica já não é novidade para você, mas os alunos da Mauá conduziram o projeto de uma turbina eólica de pequeno porte e baixo custo que poderia ser instalada em residências e coberturas de prédios para uso paralelo ao fornecimento de energia pela rede pública de distribuição. O sistema possui armazenamento próprio de energia em baterias, garantindo fornecimento de eletricidade mesmo na ausência total de ventos (ou de energia da rede pública, ainda que temporariamente).

2.    Armadilha de pernilongo: você sabia que os pernilongos são atraídos pelo gás carbônico liberado na respiração e pelo odor de alguns componentes do suor? Pois os alunos da Engenharia Química da Mauá sabiam e desenvolveram uma substância adesiva que, quando aquecida por meio de corrente elétrica, libera odores similares aos da transpiração humana e atrai os insetos.

3.    Exoesqueleto, um braço robótico: pesquisas com exoesqueletos ainda são raras, concentradas principalmente no Japão, que desenvolveu um exoesqueleto de corpo inteiro, e nos Estados Unidos, que trabalham o conceito para uso militar. Inspirados por essas pesquisas e também pelas próteses mecatrônicas acionadas por sinais elétricos originados nos músculos,  os alunos da Engenharia de Controle e Automação do IMT decidiram projetar e construir um braço automatizado que, quando “vestido”, poderia prover a pessoas com dificuldades de movimento uma força extra no antebraço.

4.    Transporte público e deficientes visuais: já parou pra pensar como um deficiente visual faz para saber se o ônibus que ele espera chegou  no ponto, quando não há outra pessoa para ajudá-lo? Um grupo de alunos da Engenharia Elétrica se reuniu com deficientes visuais e apurou que uma das grandes dificuldades desse público envolvia a utilização de transportes públicos, em especial os ônibus. A partir daí, tiveram a idéia de dois dispositivos, um ficando com o deficiente e outro no ônibus, que se comunicam quando se aproximam, avisando motorista e passageiro que eles estão prestes a se encontrar. O aparelo portátil permite ao usuário selecionar uma linha com o percurso desejado e, a partir dessa informação, se conectar ao equipamento instalado no ônibus correspondente.

5.    Maionese à base de abacate: o guacamole você já conhece, é aquele purê de abacate, típico da cozinha mexicana. Os alunos da Engenharia de Alimentos desenvolveram uma alternativa ao dia a dia dos consumidores: uma maionese feita à base de polpa de abacate em substituição ao óleo vegetal, principal ingrediente da maionese tradicional. O abacate foi escolhido por ser uma fruta bastante presente nos hábitos alimentares brasileiros, além de ser rica em substâncias que reduzem o colesterol ruim (LDL) e aumentam o colesterol bom (HDL). Eles conseguiram transformar um produto com poucos nutrientes e cheio de gorduras em um produto nutritivo e saudável, que além de tudo é light.

6.    Máquina de escalada portátil: imagine poder levar sua própria simulação de escalada para a feijoada da família no sábado e depois sair com ela rumo ao churrasco da turma da faculdade no domingo. Imaginou? Ainda não chegamos lá, mas falta pouco. Um grupo de formandos da Engenharia de Controle e Automação da Mauá desenvolveu um equipamento simulador de escalada de dimensões reduzidas para uso em ambientes menores como academias com pouco espaço, bufês, feiras e eventos. Não chega a ser exatamente portátil, mas é um passo significativo para que esse tipo de atividade esteja mais acessível e disponível em mais lugares.

7.    Localizador de pacientes em hospitais: calma! O objetivo desse projeto desenvolvido pelos alunos do curso de Engenharia Elétrica não é evitar que os pacientes fujam por conta da fila de espera; é exatamente melhorar o controle do atendimento. A idéia envolve o uso da tecnologia RFID junto com um sistema de rastreamento e controle de presença para fornecer às administrações de hospitais dados para melhoria do fluxo de pacientes, otimizando assim o consumo de recursos. O sistema coletaria dados como tempo médio na fila de espera, tempo de atendimento, quantidade de pacientes em determinada área, etc, informações que permitiriam melhor gestão do hospital como um todo.

8.    Troca de informações: os alunos expositores estarão abertos a questionamentos, sugestões e conversas sobre seus projetos. É sua chance de descobrir como aquela máquina funciona, porque determinado componente é melhor que outro.

9.    Conhecer melhor os cursos e a vida acadêmica da Mauá: se você já resolveu que vai prestar engenharia, mas não sabe muito bem o que vem depois de passar no vestibular, ninguém melhor do que os próprios alunos e professores para explicar detalhes dos cursos, contar sobre as inúmeras atividades extra-curriculares e até mesmo das festas e torneios esportivos que temos por aqui.

10.    Conhecer o campus da Mauá: a feira acontece no ginásio do próprio campus da Mauá. Você que já se inscreveu no vestibular vai poder conhecer o lugar onde irá fazer o exame e, torcemos, onde você vai estudar no futuro 😉

Enfim, todos esses motivos, somados aos outros quase 150 projetos que serão apresentados, tornam a Eureka uma demonstração do quanto a Engenharia pode transformar o mundo. Afinal, a mudança, o aprimoramento e a busca pela eficiência estão no espírito do Engenheiro, que vê o mundo a sua volta como um grande laboratório, com milhares de coisas para combinar e transformar.

Venha à Eureka e veja como nossos formados se propuseram a melhorar a nossa qualidade de vida e aproveite para imaginar a sua trajetória, pois com certeza você  pode transformar o mundo.

Serviço:

Eureka 2009

23/10 das 14h às 22h, 24 e 25/10 das 14h às 20h30

Praça Mauá, 1, São Caetano do Sul

Nenhum comentário para “Dez motivos para você ir à Eureka 2009”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.

Deixe um comentário