Já falamos anteriormente sobre o quanto é importante para o futuro profissional de Engenharia participar de um intercâmbio no exterior, citando a Alemanha como um dos pólos mundiais para quem busca uma experiência única de aprendizado e prática.

Ninguém melhor para contar sobre essa experiência do que alguém que acabou de chegar de lá, não?

Para isso, conversamos com o aluno do terceiro ano de Engenharia de Produção Mecânica da Mauá Renato Ruiz, 22 anos recém-completos, que estagiou por oito meses este ano na fábrica de uma das maiores empresas automobilísticas do mundo, a Mercedes-Benz.

cidade de wörth

Quando surgiu a oportunidade de estágio através de indicação do seu irmão, que estagiou na mesma fábrica, Renato trancou sua matrícula na Mauá no terceiro ano e partiu. “A Mauá me incentivou muito a ir, foi muito tranquilo trancar a matrícula. Todos os professores me apoiaram em minha escolha”, conta o aluno.

E assim ele chegou na maior fábrica de caminhões do mundo, localizada em Wörth, na Alemanha. “Foi no momento certo. Depois de três anos de faculdade, dar uma quebrada no ritmo foi uma boa”, afirma o aluno, que morou durante esse período em Karlsruhe, cidade vizinha de Wörth.

“Trabalhei no setor de TOS (Truck Operating System), responsável pela visualização e otimização da producão de caminhões especiais, que são veículos militares, de neve e outros tipos de off-road. Era responsável pelo planejamento, organização e controle das auditorias internas, desenvolvimento e concepção de quadros de indicadores da produção para cada linha de montagem”, explica Renato. “Participei também da implementação do Shopfloor Management, que é a gestão do chão de fábrica.”

Pode parecer muita coisa para um aluno do terceiro ano, mas Renato não acha: “os conhecimentos adquiridos na Mauá foram mais do que suficientes para desenvolver minhas funções na fábrica. Hoje, além de tudo que aprendi durante o estágio, continuarei firme em busca da minha formação pela Mauá”.

Pronto para cursar o 4° ano de Engenharia de Produção Mecânica, Renato ressalta a importância do estágio para a sua carreira. “Foi uma oportunidade única de trabalhar junto com grandes profissionais do setor”.

Da Alemanha, o aluno só não sente falta do frio “É a única razão para não voltar no  futuro”, brinca o aluno.

E você, aluno da Mauá, começou a buscar um lugar para estagiar e ter uma experiência semelhante? Nunca é tarde, converse com o coordenador de seu curso e professores e informe-se. Já demos uma dica aqui, agora é com você!

Ainda não faz Mauá? Vai perder oportunidades como essa?! As incrições para o vestibular estão abertas!

2 comentários para “Aluno da Mauá conta como foi seu estágio na Alemanha”

Quer exibir sua foto? É fácil, basta cadastrar no site Gravatar o e-mail utilizado para fazer os comentários.
Andréia

20 de outubro de 2009 ás 19:17

Parabéns!
Pelo visto superou diversas dificuldades e é um exemplo para nós alunos.

Diogo Ibiapina

18 de outubro de 2009 ás 18:03

Se eu tivesse a mesma oportunidade teria sim ido, afinal de contas além de ter tudo haver com o curso dele, tbm é de extrema importancia pro curriculo. Sou um futuro aluno do curso de Engenharia de pordução, mais nao mecânica…rs…Parabens Renato pela conquista e pelo aprendizado, agora so correr atrás do diploma.

Deixe um comentário